(11) 3205-2041

Quando a internet era novidade, muitos empreendedores enxergaram o advento tecnológico como um complemento do qual o seu negócio se viraria muito bem sem usá-la.

O tempo, entretanto, mostrou que essas pessoas estavam erradas e, atualmente, não há como se ver fora desse espectro virtual que já dominou todas as etapas do nosso dia a dia.

No mundo corporativo, inclusive, a digitalização de negócios é vista como solução para aumentar a produtividade, economizar esforços e gerar índices melhores para desenvolver a marca.

Quer saber como a digitalização de negócios gera alta performance e quais são as melhores ferramentas a serem usadas nesse sentido?

Confira!

 

Descubra a digitalização de negócios

Não há mais como ignorar os benefícios que as tecnologias emergentes têm trazido na rotina profissional. Quem está à frente dessas tendências, inclusive, tem sido beneficiado por gerar boa vantagem competitiva.

Afinal, o equilíbrio que as empresas devem buscar, hoje em dia, reside em aumentar a capacidade produtiva garantindo a mesma eficiência e qualidade no serviço prestado, e sem aumentar os gastos no processo.

Isso pode parecer mais um número de mágica do que uma questão de equilíbrio, mas as empresas antenadas nas mudanças geradas pela transformação digital têm descoberto justamente os meios para isso.

E para ter uma ideia do impacto da digitalização de negócios: o IDC aponta que, até o fim de 2017, um a cada três CEOs das três mil maiores empresas da América Latina já estará com o foco voltado à transformação digital em suas ações estratégicas.

Motivos para isso não faltam. Afinal, a digitalização de negócios pode impactar todos os setores empresariais, indo desde o varejo às áreas de finanças, manufatura e logística. Em determinados pontos — que interfiram muito ou pouco no processo produtivo —, a digitalização dos negócios já invadiu a rotina e as empresas estão se mobilizando para produzir mais em menos tempo e com um investimento menor.

 

Foque na digitalização de negócios

Valer ressaltar que a digitalização de negócios não engloba apenas a adoção de novas tecnologias, mas o investimento em ferramentas que agreguem valor ao negócio. Ou seja: que converta o valor investido em ganhos de produtividade.

O desafio, contudo, está na reorganização eficiente desses processos. Pois podemos perceber que, ainda que a adoção de novas tecnologias esteja em alta, entre empresas de todos os portes e setores, existe um baixo aproveitamento do potencial dessa transformação.

Isso tem deixado as empresas mais reativas, e menos conscientes do que a revolução digital tem a oferecer. É um desafio e tanto para os gestores.

Só que o setor tecnológico também já está facilitando essa transição para as empresas e, atualmente, muitas dessas soluções estão cada vez mais acessíveis e adaptáveis às necessidades desses gestores.

É o caso da automação de processos e na qualidade do serviço prestado pela RPA (“Robotic Process Automation”, Automação Robótica de Processos) oferecida pelo iCaptor.

A RPA transforma atividades humanas sobre sistemas legados em transações digitais e que, ao longo do tempo, vão se transformando em um catálogo de serviços, exposto para toda a corporação, dando agilidade e oportunidade na criação de novos produtos digitais. Ela também ajuda a prover reorganizações internas de processos para atender a novas estratégias da empresa, frente a mudanças que o mercado exige..

Confira, a seguir, como esse tipo de ferramenta tecnológica pode impactar de maneira positiva os principais pilares estruturais de qualquer empresa:

 

Em processos de negócios

Por meio da digitalização de negócios com a RPA, você consegue ter maior controle sobre as atividades de produção da empresa, seja com a migração para documentos digitais ou com a definição de processos que ajudem a agilizar o atendimento e diminuir os riscos (como erros humanos).

Consequentemente, essa automação eficaz coloca os seus colaboradores como peças estratégicas, enquanto os processos repetitivos são configurados para serem trabalhados automaticamente.

 

Em pessoas

A digitalização de negócios impacta diretamente na quantidade de esforço que a sua equipe costuma empregar em tarefas mecânicas, e no quanto ela vai passar a aplicar.

Isso significa um esforço repetitivo menor ou zero, o que gera mais tempo para que seus colaboradores trabalhem de maneira mais estratégica.

Além do provisionamento rápido sem custos marginais, ou seja, para produzir mais, basta escalar mais robôs, ao invés de alocar mais pessoas, treiná-las e medi-las por produtividade, o que de fato não é um calculo exato, além de ser altamente oneroso em tempo e custo.

 

Em tecnologias

Para isso, deve-se levar em conta o seu modelo de negócios e como cada uma dessas ferramentas podem integrar os processos e conferir mais agilidade produtiva, mas sem perder em qualidade.

É importante levar em conta que a digitalização de negócios significa, primeiramente, elevar o nível de excelência do seu negócio como um todo. Por isso, o investimento deve ser a etapa secundária de um processo milimetricamente planejado, focado em resultados.

E isso, por si só, já gera a sonhada vantagem competitiva para enfrentar a concorrência e aumentar a sua fatia de mercado.

 

Entenda como uma boa Estratégia Digital pode revolucionar sua empresa e aumentar o seu crescimento com este e-book criado sobre o assunto.

Não permita que a complexidade de TI atrase sua estratégia digital

Pin It on Pinterest